HELP DESK
Ainda não é cliente?
NÓS LIGAMOS PARA VOCÊ!
Inovação | Empreendedores internos

Para ser um empreendedor, você não precisa necessariamente montar o seu próprio negócio ou abandonar o emprego. Você pode ser um "empreendedor interno" ou um "intra-empreendedor".

Dentro do conceito de empreendedorismo, há espaço para a manifestação de características empreendedoras na própria empresa, ainda que na condição de empregado ou colaborador.

O conceito de empreendedor está relacionado diretamente a um conjunto de palavras-chave. Contar com colaboradores com comportamento empreendedor é um ponto forte que representa vantagem competitiva nos negócios.

Tais palavras-chave resumem-se, por exemplo, à iniciativa, capacidade de assumir riscos, inovação, persistência, aceitação às mudanças, confiança, senso de urgência para aproveitar as oportunidades, percepção ativa da movimentação do mercado, desejo de evoluir, gana de vencer transformando idéias em realidade e disposição para trabalhar com comprometimento, dentre tantas outras.

O empreendedor interno não limita seu trabalho à disponibilidade de recursos e às oscilações do mercado, mas, sim, associa-o à visão, ao desejo efetivo de transformar idéias em realidade e ao descontentamento com o "velho".

Ele usa toda sua imaginação, toda sua criatividade, depositando confiança naquilo que faz. O empreendedor interno arregaça as mangas, não poupa esforços e vai ao encontro dos desafios, objetivando vê-los transformados em resultados.

Mesmo diante dos fracassos e dos erros, o empreendedor interno não desiste de seus planos e passa todos os dias por um processo de aprendizagem, predominando, neles, uma característica tipicamente brasileira: "levanta, sacode a poeira, e dá a volta por cima".

O empreendedor interno é aquele que dispõe de todas estas características e agrega-as na empresa onde trabalha, colaborando para transformá-la e mantê-la em plena sintonia com as mudanças externas.

Assim é o empreendedor interno. Dispõe de todas estas características e agrega-as na empresa onde trabalha, colaborando para transformar e mantê-la em plena sintonia com as mudanças dos novos tempos.

Todavia, um empreendedor interno necessita trabalhar numa empresa que ofereça um ambiente com condições adequadas para operação de suas ações. Do contrário, ele vai se sentir deslocado, sem espaço e sem clima para manifestar seu trabalho, principalmente quando tiver que conviver com os “sobreviventes” da mudança que ele mesmo propõe.

Numa situação destas, certamente o caminho mais propenso tende ser a sua saída da empresa, resultando numa nova oportunidade de trabalho, onde ele possa identificar as características empreendedoras desejadas.

Portanto, identifique entre seus colaboradores aqueles que apontam um comportamento empreendedor dentro do conjunto das características apresentadas.

Observe seus hábitos, práticas e valores. Depois, faça com que trabalhem ainda mais de forma integrada, a fim de multiplicarem suas características aos demais integrantes da equipe de trabalho, de forma a contar com uma verdadeira equipe de empreendedores internos.

No caminho desta orientação, faz sentido um pensamento de Fernando Dolabela, uma das maiores referências de Empreendedorismo no Brasil: "se você ensina uma pessoa a trabalhar para outras, você a alimenta por um ano; mas, se você a estimula a ser empreendedor, você a alimenta, e a outras, durante toda a vida".

Considere, ainda, a idéia de que empreendedores internos também podem ser criados; nem sempre eles nascem feitos, derrube este mito. Hoje, um bom número de empresas busca formatar a composição do quadro de suas equipes com empreendedores internos. Por que você também não faz o mesmo?

A tendência é de que cada vez mais aumente esta realidade, reduzindo o espaço para aqueles colaboradores que não se sensibilizam pela adoção de uma nova postura profissional e que, durante toda a sua passagem pela empresa, participaram de sua história apenas como agentes passivos, deixando de agregar atividades diferentes em seu trabalho, contribuindo muito pouco ou quase nada para o processo de revitalização da própria empresa.

Da mesma forma, exige-se um repensar do conceito que você tem de sua empresa, principalmente de micro, pequenas e médias empresas. Os empreendedores internos poderão auxiliá-lo nesta caminhada!

© TBr Web - Tecnologia Brasil Web 2017